Recozimento

É o tratamento térmico realizado com o fim de alcançar um ou vários dos seguintes objetivos: remover tensões devidas aos tratamentos mecânicos a frio ou a quente, diminuir a dureza para melhorar a usinabilidade do aço, alterar as propriedades mecânicas como resistência, ductilidade, etc., modificar características elétricas e magnéticas, ajustar o tamanho de grão, regularizar a textura bruta de fusão, remover gases, produzir uma microestrutura definida, eliminar enfim os efeitos de quaisquer tratamentos térmicos ou mecânicos a que o aço tenha sido anteriormente submetido.

Os processos de recozimento subdividem-se ainda em: processo de recozimento total ou pleno, recozimento isotérmico ou cíclico, coalescimento ou ainda recozimento para alívio de tensões.

O recozimento total ou pleno consiste em aquecer o aço acima da zona crítica, durante o tempo necessário e suficiente para se ter solução do carbono ou dos elementos de liga no ferro gama, seguido de um resfriamento muito lento, seja mediante o controle da velocidade de resfriamento do forno ou desligando-se o mesmo e deixando que o aço resfrie ao mesmo tempo que este. Nestas condições obtém-se perlita grosseira que é a estrutura ideal para melhorar a usinabilidade dos aços de baixo e médio carbono.

Recozimento Isotérmico ou cíclico: Consiste no aquecimento do aço nas mesmas condições que o recozimento total, seguido de um resfriamento rápido até uma temperatura situada dentro da porção superior do diagrama de transformação isotérmico, onde o material é mantido durante o tempo necessário a se produzir a transformação completa. Em seguida, o resfriamento até a temperatura ambiente pode ser com maior velocidade e a estrutura final resultante é mais uniforme que no caso do recozimento pleno.

Coalescimento ou esferoidização é um processo de recozimento que visa à obter uma forma globular ou esferoidal de carboneto no aço e com valores de dureza muito baixos para utilização em peças que necessitam de deformação plástica. Geralmente as peças são mantidas a uma temperatura ligeiramente acima da linha inferior de transformação, seguidas de resfriamento lento ou aquecimento por tempo prolongado a uma temperatura logo abaixo da linha inferior da zona critica ou alternando as duas alternativas citadas anteriormente.

Recozimento para alívio de tensões: Consiste no aquecimento do aço à temperaturas abaixo do limite inferior da zona crítica, e o objetivo é aliviar tensões originadas durante a solidificação ou produzidas em operações de transformação mecânica a frio, como estampagem profunda, ou ainda em operações de endireitamento, corte por chama, soldagem ou usinagem.

Na Grefortec, estes processos de recozimento podem ser realizados em fornos tipo câmara, poço ou campânula com ou sem atmosfera controlada.

A Grefortec também fabrica Fornos para Recozimento, consulte conosco.